25 de março de 2020 – 2021

“ Dedicar-se-ão às missões…e como preciosa preparação para este fim, a Adoração ao Santíssimo Sacramento, e para além disso todas as obras que para o bem das pessoas possam ser úteis.” ( Beata Maria Emília Riquelme)

Com alegria e esperança renovadas, iniciamos o ano Jubilar da Congregação das Missionárias do Santíssimo Sacramento e Maria Imaculada, nesta caminhada rumo aos 125 de serviço  dedicado à evangelização e resgate e cuidado com a vida, em todas as suas expressões. . Neste grande evento jubilar, sentimos a proximidade e comunhão  de toda a Família MISSAMI: Missionários (as) Eucarísticos (as) Leigos (as),  estudantes, professores (as), colaboradores(as), familiares, amigos e benfeitores, que acompanham, assessoram e cooperam  nesta bonita, exigente  e desafiadora missão que o Senhor nos confiou.

Somos todos convidados, a nos dispor para viver este momento sob a ação e orientação do Doador de todos os dons, o Espírito Santo de Deus, sendo dóceis ao seu convite de renovação e conversão para nossa vida pessoal e comunitária, assumindo nossa responsabilidade missionária, na busca de viver em profundidade o carisma que Maria Emília nos deixou e manter a fidelidade criativa frente aos novos sinais e apelos.

Vivamos, pois,este momento como um grande convite a sermos alegres e disponíveis na entrega da vida e no serviço generoso e entusiasmado, para mantermos aquecida a vida e o projeto comunitário de missão, pois  a construção da comunidade – Congregação MISSAMI –  é tarefa de todos e  cada um  deve por à disposição os dons e talentos para melhor servir e crescer no  amor ,  na   fraternidade e no cuidado para com as pessoas e com a nossa Casa comum,  pois cada dádiva recebida só cumpre seu destino quando é compartilhada com os demais, para o bem-estar físico e espiritual de todas as pessoas e o equilíbrio na relação com todos os seres criados, para uma nova solidariedade universal.

A nossa Fundadora confiou a sua vida e a vida da Congregação à Virgem Imaculada e entregou-se a Ela com filial abandono.  Unamos  nossa voz à de Maria Emília e digamos: “ Nunca neguei nada à Santíssima Virgem, para Ela alma, vida e coração”. Que Maria, a primeira discípula missionária nos acompanhe em nosso peregrinar rumo ao jubileu dos 125 anos de existência da presença MISSAMI no mundo.

error

Siga-nos e compartilhe!

YouTube
Instagram